Entendeu? Ou quer que desenhe?

30/11/2011 at 15:46 4 comentários

Desde que as redes sociais passaram a fazer parte da minha vida – do falecido Orkut ao Facebook, passando pelo Blogblogs e Twitter – acompanho notícias, posts e tudo mais que tenha a ver com animais, cães, gatos, passarinhos e muitos outros assuntos que não vêm ao caso nesse texto. Gosto de ler e de saber o que as pessoas pensam sobre diversos assuntos. Não tenho problema em lidar com as diferentes opiniões, afinal, é isso que me encanta na raça humana, a capacidade infinita de surpreender e de dar asas à criatividade.
Tanta diversidade levou o homem a criar leis que definem o que é permitido ou não no convívio social, pois alguns extrapolam e se dão ao direito de invadir o espaço do outro, inclusive de maneira violenta, agredindo, cometendo crimes e até matando. Essa é a face mais cruel da humanidade e que também parece ter infinitas formas de se manifestar. Infelizmente.
Ultimamente, percebo que nem todo mundo convive bem com o jeito que cada um tem de pensar. E daí a necessidade desse post surgiu. Há uma insistência de Ongs, pessoas bem intencionadas – e outras nem tanto – em tratar do tema dos maus tratos aos animais. Acho importante que alguém se ocupe disso, afinal, os psicopatas estão aí e, primeiro, desenvolvem sua crueldade contra os mais fracos e os que não têm voz. Cães e gatos são as vítimas preferenciais e, não raro, ainda é tolerado socialmente, só dando problema quando atacam os da mesma espécie. Meu jeito de protestar contra isso é assinar petições, participar de manifestações e sempre que possível, contribuir com doações – do meu tempo ou do meu dinheiro – para quem está na linha de frente, “enxugando gelo”, como alguns gostam de dizer. Esta é a maneira que eu escolhi para participar e muitos me respeitam por isso.
Mas alguns insistem em ignorar ou desrespeitar minha escolha e enchem a Timeline do meu Twitter e do Facebook com fotos horripilantes de animais nas piores condições possíveis. Já pedi não sei quantas vezes para não fazerem isso, e ainda me respondem que o intuito é mesmo chocar para que as pessoas saiam da inércia.
Para essas pessoas, explico pela última vez: quem está na sua rede de contatos provavelmente já se importa com o tema e faz o que está a seu alcance para contribuir. Meu sensível coração de pudim (plagiando Beatriz do Gatoca) já sofre horrores em saber das notícias de maus tratos, não preciso VER para crer. E os possíveis adotantes de cães e gatos que ajudo a divulgar todos os dias acabam sendo afugentados por essas imagens horrorosas que poluem o Facebook. E vou além: quem deve ADORAR ver tudo isso publicado e republicado são os criminosos que se dão a trabalho sádico de registrar seus crimes e lançar na rede, pra saber qual o nível de popularidade que conquistam com seu show de horrores.
Quer publicar fotos de maus tratos? Publique, é um direito seu. E é meu direito bloquear você da minha rede e ignorar seus apelos para que eu o adicione de novo. Entendeu? Ou quer que desenhe?

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized. Tags: , , .

Tô de mal Domingo é dia de banho, bebê!

4 Comentários

  • 1. Tudo Vale a Pena  |  30/11/2011 às 17:31

    Boa, Bella, muito boa. Já baixei essa ordem lá na minha TL também. Você explica que isso te faz mal, que te agride, que você já sabe que isso acontee muito e que está tentando fazer pelo menos o pouco que você pode para ajudar, mas não consegue ser entendida. Muito chato mesmo.
    Beijocas em você, na Shiva, no Guido e um abraço no marido paciente também.

  • 2. Piti  |  01/12/2011 às 0:45

    Descobri seu blog agora e achei legal :]
    Pior que te compreendo, até ja perdi a paciencia com redes sociais..
    Quando virei vegetariana, no começo mais pra ver como era, depois por causa das crueldades, muita gente me criticou e ficou dizendo que era idiotice.. Atualmente são essas mesmas pessoas que gostam de ficar postando esse tipo de coisa, tentando passar uma imagem de quem se importa, mas que na verdade só pensa no assunto por 1 segundo, o tempo de clicar na imagem e repassar, e depois esquece, sem que isso tenha peso nenhum…

  • 3. Angely  |  01/12/2011 às 8:53

    Nossa acho que vc vive sumindo, por sinal nunca mais me escreveu tenho sentido sua falta embora sempre enviando emails para ti.
    Te admiro muito, parabéns Angely de Natal-RN

  • 4. Bella  |  01/12/2011 às 9:41

    pois é, pessoal, ainda bem que há mais gente como a gente que, além de se importar e de fazer o que pode, também não quer ficar vendo essa crueldade na internet! bom saber que não estou sozinha nessa! 😉


quem sou eu

a matilha

PitaPata Dog tickers PitaPata Dog tickers

mais recentes

no twitter

  • Quando a gente concorda com o Bush é pq as coisas estão muito, mas muito ruins.:: :: 11 hours ago
  • RT @jricmotta: O grande sucesso da política brasileira é investir na mentira. Há os que não entendem, os que não vêem e os que fingem não v…:: :: 1 day ago
  • Melhor coisa que assisti nos últimos tempos foi #BigLittleLies . Roteiro bom, tema bem abordado, ótimas atuações, vale à pena demais!:: :: 3 days ago

(e o melhor, sem baba!) assine o blog e receba notificações de novas postagens por email

Junte-se a 4 outros seguidores

arquivo por data

o conteúdo deste blog é protegido!

Creative Commons License
This work by Bella (Isabella Neves) is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported License Todos os textos e imagens devem conter referência ao autor e link para o post citado.

%d blogueiros gostam disto: